Elas são mais numerosas

De acordo com dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) 2015 o número de mulheres no Brasil é superior ao de homens, 48,52% da população brasileira é composta por homens e 51,48% por mulheres.

Elas vivem mais

Expectativa de vida das mulheres é de 78,8 anos e dos homens 71,6 anos.

Elas mais frequentemente se tornam viúvas

Em 2014, na população brasileira com 70 anos ou mais, 55,2% das mulheres eram viúvas contra apenas 19,6% dos homens nesta mesma faixa etária.

Elas têm menos câncer

Em 2012, a International Agency for Research on Cancer (IARC) observou que, no mundo, dos 35 tipos de câncer pesquisados, 32 tinham maior incidência na população do sexo masculino.

Elas são mais capazes de viver sozinhas

Um estudo da Universidade Johns Hopkins dos anos 1980, em que 4000 viúvos e viúvas foram acompanhados durante doze anos, mostrou que os viúvos com idade entre 55 anos e 65 anos têm uma chance 60% maior de morrer do que os homens que seguem casados. Com as mulheres, isto não acontece. Pesquisas mais recentes até já mostraram um efeito positivo para as mulheres que perdem o marido. Segundo médicos da Universidade de Pádua, na Itália, as viúvas italianas sofriam menos stress e de fraqueza muscular do que as mulheres que continuavam com os maridos vivos.

Fonte: Febrasgo