O  hormônio anti-mülleriano (AMH) descoberto em 1940, é produzido e  secretado exclusivamente pelas gônadas e, está envolvido no crescimento e desenvolvimento folicular.  O exame de dosagem do AMH vem  ganhando destaque a cada dia na clínica ginecologia, pois, é considerado o efetivo, como também, o marcador mais fidedigno do que a própria idade cronológica da mulher, quanto ao patrimônio folicular e a função ovariana. O AMH, além de permitir predizer a reserva ovariana, o seu grau de envelhecimento e o declínio da idade reprodutiva da mulher,  reforça a ainda a hipótese de sua utilização como um bom preditor da idade do início da menopausa.

No RDO Diagnósticos Médicos  o teste/dosagem do AMH é realizado desde 2007, portanto, são mais de 10 anos de experiência clínica/laboratorial, tendo registrado mais de 10.000 casos. No RDO é feita a checagem médica individualmente pelo Dr. Ricardo Oliveira. A liberação do resultado/laudo é pioneiramente emitida em gráfico, com correlação dos valores obtidos com a idade da paciente, o que facilita muito a interpretação.